segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Máquinas Rodoviárias: tipos de unidades.

Como vimos no capítulo anterior, no período de 1834 a 1954 que surgiu a evolução gradual (ou desenvolvimento) dos equipamentos de movimentação de terra e escavação.

Os serviços de terraplenagem eram executados pelo homem, com auxílio de instrumentos rudimentares (pá, picareta, galeotas...), antes do aparecimento da mecanização.

Como consequência da industrialização e desenvolvimento tecnológico, surgiram novos equipamentos, que na sua diversidade, realizam trabalhos nos setores da construção pesada, mineração, compactação e elevação.

A primeira empresa de máquinas rodoviárias no Brasil (fundada em 1953) dedicava-se inicialmente à produção de rolos compactadores e, posteriormente, de motoniveladoras, contribuindo com o desenvolvimento do Plano Rodoviário Nacional.

Ao longo do tempo, surgiram outras empresas nacionais progredindo notoriamente.



* Os tipos de unidades

Para a execução de tarefas referente a terraplenagem (ou movimentação de terra), construção, escavação, mineração e elevação, existem uma gama de equipamentos que, desempenhando uma determinada tarefa, permite economizar muito tempo e selecionando-o de acordo com os fatores naturais, de projeto e econômicos. Ei-los:


  • Aplainadoras (ou fresadoras)
  • Caminhões articulados
  • Caminhões fora-de-estrada
  • Carregadeiras de esteiras
  • Escavadeiras
  • Escrêiperes
  • Minicarregadeiras
  • Miniescavadeiras
  • Motoniveladoras
  • Pás-carregadeiras
  • Pavimentadoras (ou vibro acabadoras)
  • Recuperadoras de rodovias (ou recicladoras/estabilizadoras de solos)
  • Retroescavadeiras
  • Rolos compactadores
  • Tratores de esteiras (ou buldôzeres)
  • Tratores de pneus (ou buldôzeres de rodas)
  • Valetadeiras 
  • Guindastes móveis (*) 


No próximo capítulo conheceremos à parte cada tipo de equipamento, bem como as suas características e funções nos setores (**), conforme mencionados anteriormente.


(*) Para alguns professores, somente os modelos rodoviários (guindastes todo terreno, guindastes para terrenos acidentados, guindastes montados sobre caminhão e guindastes sobre rodas com lança treliçada) pertencem ao ramo de máquinas rodoviárias.
(**) Setores da construção pesada, mineração, compactação e elevação (guindastes móveis). Outros setores como o agroflorestal (agropecuário e florestal) e construção civil utilizam máquinas rodoviárias, interagindo dessa forma com o setor. 


Motoviveladora: exemplo de unidade aplainadora (Fonte: John Deere).

0 comentários:

Postar um comentário

Case Construction Equipment

Case Construction Equipment

Fale com o Autor:

* Edson B. Vidal
Fone: (33) 98428 9011
Email: vidal.edson@yahoo.com.br
EXPEDIENTE: canal informativo do setor de máquinas e equipamentos pesados no Brasil. É proibido copiar os artigos e fotos deste canal, sem a prévia autorização do autor, ou titular dos mesmos. Qualquer artigo copiado ou fotos, devem conter a fonte original. Espero que, todos os leitores saibam produzir seus artigos sem infringir os Direitos Autorais sobre sua Propriedade Intelectual, nos termos da Lei 9610-98 (artigos 101 à 110). Plágio é crime e está previsto no Código Penal (artigos 184 à 186). Todos os artigos estão baseados em informações vigente na data da publicação. O autor se reserva o direito de alterar os artigos sem aviso prévio.

  © Blogger template AutumnFall by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP